18 de setembro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
5/08/20 às 17h21 - Atualizado em 5/08/20 às 17h21

Administração de Ceilândia é contemplada com carro elétrico

COMPARTILHAR

Administração de Ceilândia é contemplada com carro elétrico

 

O projeto prevê o compartilhamento dos veículos entre servidores do GDF a serviço da administração pública. A iniciativa além de gerar economia não trouxe custos para os cofres públicos

 

O Programa Vem DF contemplou a Administração Regional de Ceilândia com um carro elétrico. A ação faz parte da arrojada iniciativa do Governo de Brasília em tornar a capital do país na 1ª Cidade Inteligente do Brasil. O projeto prevê o compartilhamento dos veículos entre servidores do GDF a serviço da administração pública.

A iniciativa além de gerar economia não trouxe custos para a Administração local, já que os veículos da ABDI foram cedidos ao GDF em forma de comodato, ou seja, um empréstimo sem custos. Também

O projeto VEM DF é fruto de uma parceria entre a Agência Brasil de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e o Governo de Brasília por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação. O programa que é pioneiro de compartilhamento de veículos elétricos para frotas públicas conta ainda com a participação do Parque Tecnológico de Itaipu (PTI), que desenvolve o software de compartilhamento com foco para uso de governo. A estimativa é que a economia para os cofres públicos chegue a R$ 8 milhões de reais por ano.

A Administração de Ceilândia também possui um dos  eletropostos que carregam os carros elétricos e híbridos no DF. Além de abastecer os veículos, de modelo Twizy, utilizado pelos servidores, pessoas da população também podem utilizar os pontos, de forma gratuita.

O Administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, conta que com os novos carros é uma inovação do GDF, e que a maior cidade do DF precisava dos veículos devido à grande demanda de serviços que necessitam da locomoção de servidores para as áreas de educação, saúde, lazer, cultura e infraestrutura. “ Os novos carros elétricos foram cedidos ao GDF sem custo. Além disso, o veículo é sustentável, não polui o meio ambiente e não faz barulho sendo de grande necessidade para a realização de serviços da cidade mais populosa do DF”, esclarece Marcelo Piauí.

 

 

 

 

 

 

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros