07 de agosto

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
15/07/20 às 17h34 - Atualizado em 22/07/20 às 12h19

Comunidade de Ceilândia e Sol Nascente são contempladas com cobertores, roupas e agasalhos

COMPARTILHAR

Comunidade de Ceilândia e Sol Nascente são contempladas com cobertores, roupas e agasalhos

 

Cerca de 1 mil itens foram distribuídos para famílias atendidas por instituições sociais. A ação foi realizada em parceria com as administrações de Ceilândia e Riacho Fundo I

 

Crianças, adolescentes e famílias atendidas por instituições sociais de Ceilândia e Sol Nascente foram contempladas com a doação de cobertores, roupas e agasalhos arrecadados durante a Campanha Agasalho Solidário do GDF. 

A ação foi realizada, nesta quarta-feira (15), em parceria com as administrações de Ceilândia e Riacho Fundo I. A iniciativa contou com os servidores dos respectivos órgãos, que também distribuíram máscaras protetoras como uma das medidas contra o coronavírus.

Todos itens doados foram higienizados e embalados a vácuo e foram distribuídos nas instituições: Lar de São José e a Associação de Amparo a Pessoas com Necessidades Especiais, em Ceilândia Norte, e no Instituto Meninos do Pôr do Sol.  A ação também contou com a presença da administradora do Riacho Fundo I Ana Lúcia.

O administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, explica que ação social é mais um meio de levar políticas sociais a quem mais precisa. “Sabemos que estamos enfrentando uma grande crise, mas precisamos contornar a situação, buscando levar itens de primeira necessidade a quem mais precisa. Isso só foi possível por meio de doações da população, de alguns empresários e servidores que se mobilizaram para arrecadar os itens ”, ressalta Marcelo Piauí.

Marcelo Piauí também diz que uma das prioridades da Administração de Ceilândia é promover e desenvolver a parte social da maior região do DF.   “Chegamos à conclusão que, mesmo com um grupo pequeno, é possível dar a nossa colaboração voluntária. A ideia é, além de ajudar nas atividades, é firmar parcerias e trazer voluntários e parceiros em nossas ações e projetos sociais para nossa cidade”, esclarece o administrador.

Maria de Sousa da Cruz, de 35 anos, foi uma das moradoras do Sol Nascente que ganhou cobertores novos para os três filhos. Desempregada ela diz que a doação chegou na melhor hora. “ Estava dividindo um cobertor velho para as três crianças! Entramos em uma época que as noites estão frias demais, mas agora, cada um terá seu próprio cobertor e vão dormir bem mais quentinhos”, diz agradecida a dona de casa.

            

 

 

 

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros