04 de julho

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
8/04/20 às 17h21 - Atualizado em 8/04/20 às 17h43

Vigilância Ambiental em Saúde realiza operação em Ceilândia

COMPARTILHAR

Vigilância Ambiental em Saúde realiza operação em Ceilândia

A ação contemplou ruas e casas da QNR 3. A medida visa a saúde da comunidade no combate a escorpiões e o mosquito da dengue. 


Equipes da Vigilância Ambiental em Saúde de Ceilândia percorreram nesta quarta-feira (8/4) ruas e casas da quadra QNR 3. A ação foi combater animais peçonhentos como ratos e escorpiões além de criadouros do mosquito Aedes transmissor da dengue, zica, chikungunya e febre amarela. 

Durante a inspeção os agentes orientaram os moradores sobre os cuidados  para evitar a proliferação dos animais peçonhentos e o mosquito da dengue, como evitar o acúmulo de lixo e entulho no quintal, tapar tomadas, ralos e frestas de portas e não deixar água acumulada em recipientes.

A chefe do núcleo  de Vigilância Ambiental em Saúde de  Ceilândia Nilde Pereira, explica que ação visa a saúde da população local, além de  orientar os moradores  sobre as medidas preventivas,  educativas e corretivas para inibir possíveis locais que possam atrair animais peçonhentos. " Nossas ações são diárias e permanentes em diversas localidades de Ceilândia. Estamos em constantemente monitoramento das regiões mais críticas com inspeções nas residências", esclarece. 

Nilde também ressalta que em caso de picada por animal peçonhento, a vítima deve  procurar  imediatamente o atendimento médico e quando possível levar o animal para identificação das autoridades sanitárias. 

 Limpeza pública

A Administração de Ceilândia alerta toda a comunidade sobre os perigos de descartar lixo e entulho em terrenos públicos, o que se torna um problema de saúde pública, já que esses espaços atraem insetos, roedores e animais peçonhentos.

O Administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, explica que equipes realizam o monitoramento de pontos da cidade onde é comum essa prática, o que ajuda as frentes de trabalho a atuarem constantemente na limpeza destes terrenos, mas que a conscientização e a ajuda de toda a população são primordiais para manter a manutenção e o serviço de limpeza pública na cidade. 
“Diariamente retiramos toneladas de lixo e entulho de Ceilândia! Nossa preocupação além de manter nossa cidade limpa é garantir a saúde, qualidade de vida e menos riscos de doenças trazidas pelo acumulo de lixo. Só as ações do poder público não são capazes de acabar com esse problema na maior região do DF! Precisamos da ajuda dos moradores onde cada um deve fazer sua parte”, ressalta Marcelo Piauí.

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros